4ª Festa da Moto - HENISA

Alfândega do Porto - 1 a 3 de Agosto

Get Adobe Flash player

Gold Sponsor

Como decorreu o ano anterior

Quinta de Bonjóia e CVRVV apoiaram passeios pela cidade

À semelhança de 2013, a 4.ª Festa da Moto/Henisa incluiu no seu programa dois passeios, simples e despreocupados, pela cidade do Porto. O S. Pedro deu luz verde ao de domingo e bem mais de 200 motos arrancaram em caravana, capitaneada pela PSP e MC Porto, pelas marginais da Foz, com paragem nos espetaculares jardins do palacete que acolhe a sede da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes.

Um enorme pelotão de todo o tipo de moto, das cinquentinhas às clássicas, desportivas, naked, grande-turísticas, utilitárias, sides e outras que tais, reuniu-se no Edifício da Alfândega, domingo, 3 de agosto, bem cedo. Muitos madrugadores até antes da abertura do secretariado da Festa da Moto, às 10h.

O MC Porto ofereceu autocolantes personalizados e crachás aos participantes deste passeio gratuito que arrancou à hora - 11h - para uma curta e descomplexada volta de 18 km até à Foz com regresso por Aldoar e Pasteleira.

O ponto alto deste mini-evento aconteceu já quase no final, na Rua da Restauração, quando as motos foram convidadas a entrar nos jardins da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes. Nos frescos e sombreados socalcos ajardinados – precisamente sobre a Alfândega do Porto e Rio Douro – os motociclistas foram servidos pelo Presidente da Comissão, Manuel Pinheiro, ele também motociclista. A prova foi de Vinho Verde Branco e também de Espumante de Vinho Verde. A Henisa associou-se ao momento, pondo a mesa com algo para trincar e que muito bem soube.

Com um regresso pelas ruas menos conhecidas das Virtudes a Miragaia, terminou esta manhã de convívio que dispôs bem que a viveu.

E o Passeio 125, no sábado? Semáforo vermelho do S. Pedro, que surpreendeu a 2 de agosto com chuvadas intensas, espaçadas por outras mais suaves. O suficiente para que das mais de 100 inscrições previstas apenas sobrevivessem umas oito dos mais entusiastas condutores desta máquinas citadinas para este giro de 13 km que nos haveria de levar a lanchar – gratuitamente – aos jardins da Quinta de Bonjóia. Com o acordo da Porto Social e responsáveis da Quinta da Bonjóia – a quem o Moto Clube do Porto está bastante agradecido – cancelou-se o passeio, tendo sido convidados os condutores das 125 a integrar o passeio de domingo.

Ver todas as fotos (by Delfina Brochado) aqui.